Home - Ver em Flash

RITO ESCOCÊS ANTIGO E ACEITO

O QUE É RITO?

O dicionário da Língua Portuguesa da Editora Globo-Brasil dá a seguinte definição:
"Conjunto de cerimônias de uma religião; culto; doutrina; qualquer cerimonial; cada um dos sistemas da organização Maçônica; ritual. (Do lat. ritu)

O dicionário da Língua Portuguesa Houaiss dá outras definições exemplificadas:
substantivo masculino

1 Rubrica: liturgia católica.
livro que contém os ritos estabelecidos por uma religião e a forma de executar as cerimônias e os serviços divinos [O Ritual us. pelos católicos é dirigido aos párocos e sacerdotes e trata primeiramente da administração dos sacramentos, possui uma segunda parte que contém as bênçãos passíveis de serem dadas por um sacerdote e ainda uma terceira que diz respeito às procissões, exorcismos etc.]
Obs.: inicial por vezes maiúsc.
2 Derivação: por metonímia.
o culto religioso; cerimônia, liturgia
3 Derivação: por metonímia.
conjunto de atos e práticas próprias de uma cerimônia ritualística
4 Derivação: por extensão de sentido.
a etiqueta, o conjunto das regras socialmente estabelecidas que devem ser observadas em qualquer ato solene; cerimonial
Ex.: o r. e a ocasião pediam um traje a rigor
5 Rubrica: psicopatologia.
comportamento repetido e sem sentido aparente, mantido por um indivíduo com o fim de aliviar a ansiedade, característico de neuroses obsessivo-compulsivas

n adjetivo de dois gêneros

6 relativo ou pertencente a 1rito
Ex.: prática r.
7 conforme a um 1rito, que se assemelha a um 1rito
Ex.: <paciência r.> <cuidado r.>

Estas definições são bastantes claras no tocante ao uso de ritos, pois qualquer cerimônia, seja ela um casamento, um batismo, um jantar formal, um culto, independente da religião, é um rito. Até mesmo quando nos levantamos pela manhã, lavamos o rosto, escovamos os dentes e tudo o que façamos sistemática e repetidamente, faz parte de um rito, criado por nós ou não.

O QUE É RITUAL?
O mesmo dicionário nos dá a seguinte definição:
Que diz respeito a ritos; s. m. livro que significa a fórmula das cerimônias que se devem observar na prática de alguma religião; (fig.) cerimonial; etiqueta; praxe. (Do lat. rituale.)

Os textos que se seguem são uma compilação de um trabalho de um Irmão português e de vários autores. Os originais de todos eles são em língua inglesa, tendo o Irmão tentado efetuar uma tradução tão fiel ao original, quanto possível, embora, evidentemente, em certas passagens fosse imperativa a adaptação ao nosso português. Sem dúvida, no global, possuem grande riqueza, tornando-se quase uma leitura obrigatória:

POR QUÊ USAR RITUAIS?

Em essência, existem duas razões. Em primeiro lugar, ao serem utilizadas cerimônias formalizadas, todos entram na Maçonaria numa mesma base de igualdade e partilham uma mesma experiência (que será diferente da vivência, essa sim, individual e única - Loumac), seja qual for a sua posição fora do Ofício. Em segundo lugar, porque continuando a utilização de cerimônias às quais é incluída uma carga dramática, alegórica e simbólica, os princípios da Maçonaria podem mais facilmente deixar uma marca indelével no espírito do candidato.

No Brasil, a maioria das Lojas maçônicas, adotaram o uso do Rito Escocês Antigo e Aceito (R.E.A.A.), e este é o mais usado pela maioria das Potências Maçônicas existentes na América Latina.

UM POUCO DE HISTÓRIA DO R:.E:.A:.A:.

Texto retirado para revisões e atualizações.


  Veja Também:   Como ser Maçom?
                        Como Afiliar-se?
                       
Grupo de Estudos

                               
Maior Instituição do Mundo
                       
 
      Aprendizado Maçônico
                        Divulgue o site da I.'. P.'. E.'. P.'.

 

Voltar a página principal

INSTITUTO PARAMAÇÔNICO DE

ESTUDOS E PESQUISAS

Editora Maçônica Brasileira - Caixa Postal 251