MANIFESTO DE FUNDAÇÃO DO INSTITUTO PARAMAÇÔNICO DE ESTUDOS E PESQUISAS

    

    Tendo em vista os progressivos acontecimentos que, na visão de alguns Irmãos vêm conduzindo a Tradicional Maçonaria, a uma severa diminuição da espiritualidade em nossos rituais, à abstenção da transmissão das Ciências Secretas aos Iniciados, à prática mecânica de rituais, cujo significado profundo, místico e oculto, escapa ao conhecimento de muitos Irmãos, a mandos e desmandos, ao descumprimento de uma palavra da trilogia da Maçonaria, a "Liberdade", e a outras atitudes provocadas por céticos originou insatisfação naqueles Irmãos que defendem os princípios e a filosofia da Maçonaria pura e limpa. A ideologia de resgatar a espiritualidade na Maçonaria e disponibilizar os estudos da filosofia e simbolismo maçônicos àqueles que verdadeiramente buscam a evolução, decidiu-se fundar o Instituto Paramaçônico de Estudos e Pesquisas: o I.'. P.'. E.'. P.'., cujos propósitos primordiais giram em torno de uma "volta ao princípio do princípio", ou seja, aos princípios norteadores de nossos antigos Mestres Tradicionais, colocando sempre maior ênfase no aspecto cultural de estudos o mais aprofundados possível de teorias místicas, ocultistas, metafísicas e espirituais, sem descurar, naturalmente, o norteamento da benemerência social ampla e anônima, inerente aos nossos princípios.

    Outros sentimentos progressistas impulsionaram a fundação do I.'. P.'. E.'. P.'., principalmente acreditarem que, uma vez que a filosofia maçônica é perfeita para a evolução da sociedade, então deve ser disponibilizada a todos aqueles que, de coração puro, a procuram.

    Com o advento da adoção deste princípio, Maçons de muitas Obediências apoiaram a atitude e se afiliaram ao I.'. P.'. E.'. P.'.. Em contrapartida, outros, sem entender perfeitamente os mecanismos de afiliação, consideraram, equivocadamente, que palavras, toques e sinais usados para reconhecimento, seriam revelados a qualquer pessoa; neste caso, o I.'. P.'. E.'. P.'. não se encaixa.

    Foi preciso esclarecer que o I.'. P.'. E.'. P.'. disponibiliza, por meio de "Pergaminhos Oficiais", o simbolismo e a filosofia maçônica àquelas pessoas que buscam evoluir em todos os sentidos na vida, e que os sinais, toques e palavras de reconhecimento não são transmitidos àqueles ainda não Iniciados em Loja. Um dos princípios do Instituto Paramaçônico de Estudos e Pesquisas é combater a ignorância em todos os sentidos e propagar seus ideais, mantendo o sigilo dos sinais e segredos de identificação.

    A posição convicta de estar fundando uma Instituição Paramaçônica para o benefício da humanidade, fez com que, em respeito às mais antigas tradições maçônicas, estes Irmãos professassem os antigos Landmarks. É idealização do I.'. P.'. E.'. P.'. trabalhar dentro dos verdadeiros princípios maçônicos e estabelecer ótimos relacionamentos com todas as Obediências Maçônicas, sem preterir nenhum Irmão ou Irmã.

    Defende um estudo orientado e uma Maçonaria mais espiritualizada; Maçons convencidos de sua importância para a humanidade e sua condição de Iniciado; homens voltados para a iluminação interior como forma de fazer parte da Grande Consciência Universal.

    Esclarece que esta nova Instituição não nasce para dividir, mas para somar. Não vêm para discutir, mas para agir e estudar. O I.'. P.'. E.'. P.'. é uma nova opção! Sem "políticas" internas, sem problemas!

    É relevante deixar claro que deseja, antes e acima de tudo, que todos os Maçons - todos, sem exceção - sintam-se convidados a participar desta Grande Jornada de (RE)Descobrimento e Crescimento Interior, com isso contribuindo para o crescimento intelectual, moral e espiritual da espécie humana. ESTUDE MAÇONARIA.

Aprendizado Maçônico   Como Afiliar-se   Como ser Maçom?   Grupo de Estudos

INSTITUTO PARAMAÇÔNICO DE ESTUDOS E PESQUISAS
Editora Maçônica Brasileira - Caixa Postal 251